Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

20º 31º Feira de Santana
14 de dezembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Polícia

Feira de Santana teve oito julgamentos e seis condenações durante o Mês Nacional do Júri

07/12/2017 10h41
A promotora de justiça Semiana Silva Cardoso disse que a sensação é de trabalho cumprido e a justiça sendo feita.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Feira de Santana teve oito julgamentos e seis condenações durante o Mês Nacional do Júri
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade (Arquivo)

Rachel Pinto

O município de Feira de Santana teve um balanço positivo durante o mês de novembro e durante as ações do Mês Nacional do Júri.

A promotora de justiça Semiana Silva Cardoso, avaliou os trabalhos e para ela a sensação é de trabalho cumprido e a justiça sendo feita. Sobre o balanço das atividades ela informou que onze júris foram marcados.

Um total de 8 júris aconteceu na cidade e dois júris 2 foram remarcados. Além disso, um réu morreu e houve 6 condenações. Segundo a promotora, quando um processo chega até o Tribunal do Júri é porque o Ministério Público (MP) entende que há provas suficientes sobre a autoria do crime.

“Por essa razão o Ministério Público sempre pede uma condenação. O que vai variar é a quantidade da penam se há alguma causa de diminuição, por exemplo no caso do homicídio privilegiado. Mas, em geral quando chega aqui o MP entende que já é o caso sim de ter uma condenação”, acrescentou.

Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.
 

Leia também:

Cerca de 10 julgamentos ocorrerão neste mês em Feira de Santana

 Mês Nacional do Júri: motorista é condenado a dez anos de prisão por assassinato

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Queda de energia danifica equipamentos em escola e casas no bairro Sobradinho

mais podcast ›

Videos

População recebe PM com aplausos após morte de assaltantes de banco em Olindina