Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

20º 32º Feira de Santana
13 de dezembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Dilton e Feito

Temer diz que Previdência só será votada se vitória estiver garantida

06/12/2017 10h11
De acordo com o presidente, a possibilidade de aprovação aumentou por conta das últimas reuniões com os partidos aliados.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Temer diz que Previdência só será votada se vitória estiver garantida
Foto: Reprodução/Agência Rádio Mais

O presidente Michel Temer disse ontem (5) que o clima melhorou para a reforma da Previdência, mas ressaltou que a proposta só será colocada em votação, ainda neste ano, caso houver a certeza da vitória. De acordo com o presidente, a possibilidade de aprovação aumentou por conta das últimas reuniões com os partidos aliados. “Estou muito otimista por várias razões. Primeiro, porque a imprensa está apoiando. Segundo, porque houve exatamente a compreensão do que é a reforma da Previdência; em terceiro lugar, a sociedade está admitindo e tendo absoluta convicção de que ela é indispensável. E, em quarto lugar, sinto uma sensibilização muito maior com nossos deputados e senadores”, afirmou segundo a Agência Rádio Mais. Na busca pelos votos necessários para reforma, Temer também afirmou que o presidente do PSDB Alberto Goldman tem sinalizado que pode trabalhar pela Previdência. Nas últimas semanas, o apoio dos tucanos foi posto em dúvida, após o partido fazer exigências para votar pela proposta. Michel Temer falou com a imprensa após um almoço com o presidente da Bolívia, Evo Morales. Quem também falou pela reforma da previdência, nesta terça-feira, foi o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Segundo ele, o assunto tem sido melhor explicado para a sociedade, fazendo com que a resistência ao projeto diminuísse. "Tenho muita esperança que a gente possa votar este ano. Essa matéria será votada em algum momento. Quanto mais distante do dia de hoje, maior será a necessidade da reforma, mais dura será a reforma". Para que as novas regras de aposentadoria passem a vigorar no país, é necessário que o texto da reforma da Previdência seja aprovado nas duas casas do Congresso Nacional, em dois turnos e por pelo menos 3/5 dos votos de deputados e senadores. E é por isso que o governo tem pressionado lideranças partidárias para tentar aprovar a medida na Câmara, ainda neste ano. 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Queda de energia danifica equipamentos em escola e casas no bairro Sobradinho

mais podcast ›

Videos

População recebe PM com aplausos após morte de assaltantes de banco em Olindina