Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

20º 32º Feira de Santana
13 de dezembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Toque Esportivo

Bahia sai atrás, mas busca empate com São Paulo na despedida do Brasileirão

03/12/2017 18h34
Com o resultado, o Bahia encerrou sua participação no certame nacional na 12ª colocação, ao somar 50 pontos.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Bahia sai atrás, mas busca empate com São Paulo na despedida do Brasileirão
Foto: Divulgação/ Bahia

Acorda Cidade

Bahia e São Paulo ficaram no empate de 1 a 1 neste domingo (3), no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Brenner abriu o placar do jogo para os donos da casa e Eder igualou o marcador. Com o resultado, o Bahia encerrou sua participação no certame nacional na 12ª colocação, ao somar 50 pontos. Com a mesma pontuação, o São Paulo ficou logo atrás dos baianos por ter menor saldo de gols.

Apesar de ter sonhado, mas não conseguir beliscar uma vaga na Libertadores, o Esquadrão de Aço ficou com uma das vagas na Copa Sul-Americana do ano que vem. Além do torneio internacional, o Tricolor baiano terá as disputas do Campeonato Baiano, Brasileirão e Copa do Brasil, entrando apenas nas oitavas de final, por ter vencido a Copa do Nordeste desta temporada.

O JOGO

Um jogo de compadres. Foi assim que o duelo de tricolores entre São Paulo e Bahia se desenrolou no primeiro tempo. Os dois times não produziram nenhuma jogada de emoção e tanto Jean quanto Sidão ficaram de espectadores privilegiados no estádio do Morumbi. Os donos da casa levaram uma leve vantagem na etapa inicial, dominando um pouco mais as ações de jogo.

Porém, aos 14 minutos, numa cobrança de escanteio, Edson e Lugano se enroscaram na grande área da defesa baiana e o capitão são-paulino caiu. A torcida paulista reclamou, mas o árbitro goiano mandou o jogo seguir.

Por pouco o Bahia não abriu o placar no minuto 31. Allione recebeu lançamento de Renê Júnior que roubou a bola no meio de campo. O argentino invadiu a grande área, driblou Rodrigo Caio, deixando o zagueiro sem pai e nem mãe no chão, e tocou na saída de Sidão, mas a bola caprichosamente saiu pela linha de fundo passando perto da trave esquerda do goleiro.

Segundo tempo

As duas equipes voltaram do vestiário sem mudanças. Logo no segundo minuto de bola rolando, Renê Júnior cabeceou com perigo ao são-paulino, numa bola levantada em cobrança de falta. Mas o goleiro Sidão, bem posicionado, fez a defesa sem nenhuma dificuldade.

Aos oito minutos, Mendoza se enroscou com a defesa paulista na pequena área, mas evitou a saída, se levantou e ainda ficou com a bola. O colombiano rolou para trás para a chegada de Régis, que bateu muito mal e a pelota subiu passando muito acima da meta de Sidão. A resposta do São Paulo veio na sequência. Shaylon ficou com a sobra na meia lua e bateu forte. A redonda explodiu no travessão de Jean. E as emoções não pararam por aí. O Bahia desceu para o ataque e Edigar Junio abriu com Allione na esquerda. O argentino bateu colocado, mas a bola foi para fora, raspando a trave do São Paulo. Por último, foi a vez dos donos da casa. Brenner invadiu a área baiana, finalizou e Jean fez a defesa sem dificuldades. Aos 12, Edson sentiu a coxa e forçou Carpegiani a fazer uma alteração no time, colocando Matheus Sales.

O São Paulo abriu o placar numa falha da defesa do Bahia aos 18. O volante Renê Júnior recuou a bola para Jean que agarrou com a mão. O árbitro marcou a infração dentro da grande área. Na cobrança de dois toques, o jovem atacante Brenner encheu o pé e estufou as redes baianas.

O Esquadrão de Aço chegou ao empate aos 43 minutos, com Eder. O lateral aproveitou cruzamento após bola levantada na grande área em cobrança de falta, pela direita. Ele cabeceou livre deixando tudo igual no Morumbi.

FICHA TÉCNICA
São Paulo 1x1 Bahia
Campeonato Brasileiro – 38ª rodada
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 03/12/2017
Horário: 16h (Horário da Bahia)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (ambos de GO)
Quarto árbitro: Edson Antonio de Sousa (GO)
Assistentes adicionais: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão e Osimar Moreira da Silva Junior (ambos de GO)
Cartões amarelos: Petros, Brenner, Lugano, Rodrigo Caio (São Paulo) / Eder, Edson, Renê Júnior (Bahia)
Gol: Brenner (São Paulo) / Eder (Bahia)

São Paulo: Sidão; Éder Militão, Lugano, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei e Petros; Shaylon, Marcos Guilherme (Gabriel) e Cueva (Thomaz); Brenner (Bissoli). Técnico: Dorival Junior.

Bahia: Jean; Eder, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson (Matheus Sales), Renê Júnior (Yuri), Allione, Régis (Júnior Brumado) e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

Fonte: Bahia Notícias.
 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Queda de energia danifica equipamentos em escola e casas no bairro Sobradinho

mais podcast ›

Videos

População recebe PM com aplausos após morte de assaltantes de banco em Olindina