Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

19º 31º Feira de Santana
17 de novembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Feira de Santana

Abertura do comércio é opcional nesta quarta (15), feriado da Proclamação da República

14/11/2017 12h11
Os comerciantes, porém, que desejarem abrir seus estabelecimentos deverão observar alguns preceitos do acordo coletivo, como pagamento de horas extras e vales-transportes para os funcionários.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Abertura do comércio é opcional nesta quarta (15), feriado da Proclamação da República
Foto: Ney Silva/ Acorda Cidade

Laiane Cruz

As lojas do comércio de Feira de Santana poderão abrir as portas, das 9h às 15h, nesta quarta-feira (15), feriado da Proclamação da República, em todo o Brasil. De acordo com o presidente da Associação Comercial, Marcelo Alexandrino, houve uma negociação entre os sindicatos patronal e dos trabalhadores do comércio, e o funcionamento será opcional.

Os comerciantes, porém, que desejarem abrir seus estabelecimentos deverão observar alguns preceitos do acordo coletivo, como pagamento de horas extras e vales-transportes para os funcionários.

Conforme o acordo coletivo, os empregados que trabalharem amanhã deverão receber uma bonificação de R$ 60, em empresas com até 20 funcionários, e R$ 65, caso a empresa possua mais de 20 funcionários. Os valores deverão ser pagos no mesmo dia trabalhado. Além disso, as empresas deverão pagar o vale-transporte adicional, sem qualquer desconto na folha de pagamento. Caso os funcionários ultrapassem a carga de horária de seis horas deverão receber pelas horas extras trabalhadas com adicional de 100%.

O presidente da entidade apoiou a decisão pela abertura do comércio, mesmo que opcional, e ressaltou que o momento ainda é de crise. “Infelizmente, no país estamos vivendo um momento de muitos feriados, muitas interrupções do comércio e isso prejudica a população como um todo, que não pode fazer suas compras, o comerciante e o comerciário. Esse é um momento em que o país precisa sair dessa crise e produzir”, afirmou Marcelo Alexandrino.

“Há a possibilidade de algumas lojas trabalharem e de um modo geral a gente espera que tenha algum movimento, mas seria melhor que todo o comércio pudesse abrir”, acrescentou.

Vendas de Natal

O presidente da Acefs falou também sobre as vendas de final de ano. Segundo ele, a expectativa é de crescimento, em relação ao ano passado. “A gente tem um estudo que espera 7% de crescimento, que a gente considera uma saída dessa crise. Houve uma melhora generalizada da economia no país, e esperamos que isso se concretize agora com as vendas do natal, que são extremamente significativas para o comércio. Por volta de 35% das vendas são realizadas nesse período”, informou.


Leia também:
Artigos natalinos já estão nas prateleiras de lojas em Feira de Santana

Papai Noel e decoração de Natal trazem fantasia e espírito natalino para Feira de Santana

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade.
 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Cartas para o Papai Noel dos Correios podem ser entregues até o dia 30 de novembro

mais podcast ›

Videos

Reforma trabalhista: Entenda as novas regras e formas de contratação