Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

19º 31º Feira de Santana
22 de outubro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Educação

Escola Ruy Barbosa seleciona estudantes para programa de bolsas de estudos

11/10/2017 12h11
De acordo com o gerente administrativo da Escola Ruy Barbosa, Fábio Silveira, essa é a segunda edição do programa.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Escola Ruy Barbosa seleciona estudantes para programa de bolsas de estudos
Foto: Acorda Cidade | Gerente administrativo da Escola Ruy Barbosa, Fábio Silveira

Acorda Cidade

A Escola Ruy Barbosa, em Feira de Santana, está com inscrições abertas até o dia 30 de outubro para o programa de bolsas de estudos parciais da instituição, para o ano letivo de 2018. Os estudantes interessados em participar da seleção devem acessar o link para cadastro no site da escola ou comparecer presencialmente à unidade de ensino, que fica na Avenida Senhor dos Passos, nº 47.

De acordo com o gerente administrativo da Escola Ruy Barbosa, Fábio Silveira, essa é a segunda edição do programa. A primeira foi realizada de 2015 para 2016. Ele explicou que os candidatos passarão por uma avaliação de conhecimento e psicossocial. Os estudantes deverão ainda realizar um teste e caso atinjam a pontuação máxima exigida no edital ganharão a bolsa de 50% no valor da mensalidade escolar.

“Tem o link no site com o edital detalhado. A partir dessa inscrição, a escola irá ligar para os pais a partir de 1º de novembro para fazer o agendamento das avaliações. As vagas são desde o 1º ao 9º ano do ensino fundamental. Lá tem o regulamento e todas as etapas que terá que passar, como também a pontuação que precisa atingir”, informou o gerente administrativo da escola.

VEJA EDITAL

Segundo Fábio Silveira, a expectativa é que até o final de novembro a seleção termine e a escola divulgue quem serão os contemplados. Ela destacou ainda que no ato da inscrição os candidatos devem apresentar comprovantes de residência e de renda.

“Os candidatos com famílias com renda superior a R$ 2 mil não serão contemplados. Então é um programa social, cujo objetivo é matricular alguns alunos das instituições públicas, que não têm condições de pagar um valor cheio da mensalidade”, reiterou, acrescentando que as inscrições também poderão ser feitas até as 22h desta quarta-feira (11) na feira Tudo Criança, no espaço de eventos Ária Hall, situado na Avenida Presidente Dutra.

Método inovador

De acordo com Fábio Silveira a escola Ruy Barbosa, que irá completar 73 anos em abril de 2018, nunca deixou de lado sua tradição na qualidade do ensino, sempre agregando métodos inovadores. Ele explica que a escola trabalha com uma metodologia híbrida, que utiliza muitos recurso tecnológicos, como os iPads, nas salas digitais, onde o professor tem a possibilidade de pesquisar os conteúdos junto com os alunos.

“Os estudantes podem pesquisar o conteúdo, desenvolver uma apresentação em tempo real, e isso dá um dinamismo muito grande na metodologia. Temos profissionais capacitados, inclusive mestres, para garantir essa tradição e confiabilidade da Escola Ruy Barbosa na sociedade feirense”, salientou.

As matrículas para a educação infantil se iniciam a partir do dia 15 de outubro. Já os estudantes do ensino fundamental precisam finalizar o ano letivo obtendo sua aprovação para se matricular.
 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

1º lugar – Categoria de 11 a 14 anos

mais podcast ›

Videos

Ao vivo: CCJ discute parecer pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer