Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

19º 31º Feira de Santana
22 de outubro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Dilton e Feito

Defesa de Lula diz que perícia vai comprovar autenticidade de recibos

07/10/2017 07h40
A força-tarefa da Lava Jato disse que os recibos apresentados pela defesa de Lula são 'ideologicamente falsos'.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Defesa de Lula diz que perícia vai comprovar autenticidade de recibos
Foto: Divulgação

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem (6) que a perícia nos recibos de pagamento de aluguel do apartamento vizinho ao do petista comprovará a autenticidade dos documentos. Em vídeo publicado nas redes sociais, o advogado Cristiano Zanin Martins voltou a defender a inocência de Lula e acusou a força-tarefa da Lava Jato de apresentar um documento irregular no processo. Em petição apresentada ao juiz federal Sérgio Moro, a força-tarefa da Lava Jato disse que os recibos apresentados pela defesa de Lula são “ideologicamente falsos” e foram confeccionados após o início das investigações para “dar falso amparo à locação simulada do apartamento”. Além disso, pediram que os recibos sejam periciados.

“Como sempre dissemos, a realização da perícia será muito boa para poder afirmar que os documentos são idôneos e deram quitação dos alugueis. Somos advogados experientes e apresentamos com a segurança de que são autênticos”, afirmou Zanin.Para o advogado de Lula, os procuradores da República no Paraná “ficaram sem chão” com os documentos apresentados pela defesa. Segundo ele, como o Ministério Público Federal não tem conseguido encontrar provas que incriminem Lula, os procuradores têm “inventado” falsas notícias. (Agência Brasil)

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

1º lugar – Categoria de 11 a 14 anos

mais podcast ›

Videos

Ao vivo: CCJ discute parecer pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer