Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

22º 31º Feira de Santana
20 de outubro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Dilton e Feito

Semana Municipal de Prevenção à Violência contra Profissionais da Educação é instituída no Município

17/05/2017 15h56
A proposta tem o objetivo de conscientizar o corpo escolar e a comunidade para a prevenção da violência contra os profissionais da educação.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Semana Municipal de Prevenção à Violência contra Profissionais da Educação é instituída no Município
Foto: Ascom/Câmara

O plenário da Câmara Municipal de Feira de Santana, aprovou em segunda discussão e por unanimidade, o projeto de lei nº 74/2017, de autoria do vereador Marcos Lima (PRP), que dispõe sobre a criação e inclusão no Calendário Oficial do Município da Semana Municipal de Prevenção à Violência contra profissionais da educação da Rede Municipal de Feira de Santana. A proposta tem o objetivo de conscientizar o corpo escolar e a comunidade para a prevenção da violência contra os profissionais da educação. Segundo a redação do projeto, os profissionais contemplados são professores, dirigentes educacionais, orientadores educacionais, agentes administrativos e os demais que atuem no ambiente escolar. De acordo com o pl, o evento deverá ser realizado na terceira semana do mês de outubro, devendo ser desenvolvidas ações educativas como palestras, seminários, conferências e atividades culturais e de lazer, com a participação do Poder Público, instituições e autoridades, no sentido de implementar ações preventivas. As secretarias de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos e de Educação ficarão responsáveis pela organização e realização do evento.  

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

1º lugar – Categoria de 11 a 14 anos

mais podcast ›

Videos

Ao vivo: CCJ discute parecer pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer