Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

20º 33º Feira de Santana
20 de novembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Saúde

Hospital promove semana de triagem da Orelhinha e Linguinha

09/05/2017 10h16
Todos os dois exames são preconizados pelo Ministério da Saúde como obrigatórios pela importância na prevenção de problemas, que podem ser corrigidos se identificados no início.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Hospital promove semana de triagem da Orelhinha e Linguinha
Foto: divulgação/ Secom

Acorda Cidade

O Hospital Inácia Pinto dos Santos – o Hospital da Mulher promove, no período de 22 a 26 deste mês, a Semana de Triagem para os exames da “Orelhinha” e da “Linguinha”. Os testes serão realizados exclusivamente com crianças com idade entre zero e quatro meses de idade, de todas as cidades da região, visando atender aquelas que nasceram em maternidades onde ainda não existem estes exames.

Todos os dois exames são preconizados pelo Ministério da Saúde como obrigatórios pela importância na prevenção de problemas, que podem ser corrigidos se identificados no início. O da orelhinha evita surdez e consequentemente que a criança fique muda, enquanto que o da língua evita problemas com sucção, mastigação e fala.

São exames realizados em poucos minutos por fonoaudiólogos, dentre profissionais altamente capacitados que compõem uma equipe própria da unidade hospitalar. E devem atender diariamente em média 10 bebês inscritos vindos de outras maternidades, além da demanda interna e os retestes.

O cadastro das crianças para serem submetidas aos exames será realizado durante duas semanas, no período de 8 a 19 deste mês, sempre pela manhã. Os pais deverão apresentar registro da criança comprovando terem de 0 a 4 meses. Já os exames deverão ser realizados no período de 22 a 26 deste mês.

A fonoaudióloga Carmem Cunha explica o perfil das crianças que têm acesso ao atendimento no Hospital da Mulher para este serviço durante a campanha. “São bebês que não nasceram no hospital e cujas famílias não possuem poder aquisitivo para pagar pelo exame”, frisou. São exames feitos também pela fonoaudióloga Keyse Barbosa.

O teste da “Orelhinha” já está implantado no Hospital da Mulher há mais de uma década enquanto o da “Linguinha foi implantado em julho de 2015.
 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Cartas para o Papai Noel dos Correios podem ser entregues até o dia 30 de novembro

mais podcast ›

Videos

Reforma trabalhista: Entenda as novas regras e formas de contratação