Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

20º 33º Feira de Santana
20 de novembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Dilton e Feito

Poções: prefeito e vice são cassados por compra de votos em 2016

20/04/2017 10h52
Esta é a segunda vez que a chapa vitoriosa é condenada pela Justiça Eleitoral.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Poções: prefeito e vice são cassados por compra de votos em 2016
Foto: Reprodução

O prefeito e o vice de Poções (sudoeste), respectivamente, Leandro Mascarenhas e Jorge Luiz, ambos do PTB, tiveram os mandatos cassados por captação ilícita de votos nas eleições do ano passado. Esta é a segunda vez que a chapa vitoriosa é condenada pela Justiça Eleitoral. Conforme a nova decisão do juiz eleitoral Álerson do Carmo Mendonça, o prefeito e o vice cometeram abuso de poder econômico ao aliciar moradores mediante pagamento ou promessa de pagamento nas eleições, incluindo boca de urna no dia do pleito. A acusação da irregularidade partiu do Ministério Público Estadual e da chapa “Por uma Poções cada Vez Melhor”. Pela sentença, o prefeito e o vice da cidade ficam inelegíveis por oito anos e cada um terá de pagar multa de R$ 20 mil. Ainda cabe recurso da decisão que foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta quarta-feirar (19). As informações são do Bahia Notícias. 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Cartas para o Papai Noel dos Correios podem ser entregues até o dia 30 de novembro

mais podcast ›

Videos

Reforma trabalhista: Entenda as novas regras e formas de contratação