Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

20º 33º Feira de Santana
20 de novembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Dilton e Feito

Atuação do MPF na defesa do meio ambiente é tema de consulta pública virtual

18/04/2017 15h21
Consulta chama a população a opinar sobre diversas questões, incluindo crimes ambientais e gerenciamento costeiro. Formulário estará disponível até 25 de abril
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Atuação do MPF na defesa do meio ambiente é tema de consulta pública virtual
Foto: Reprodução/Ilustrativa

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) disponibiliza a partir dessa segunda-feira (10) consulta pública virtual sobre a atuação do órgão na defesa do meio ambiente. Preenchendo o formulário disponível em: http://www.mpf.mp.br/ba/consulta-publica-2017 os cidadãos podem contribuir respondendo como veem a atuação do MPF na área — em questões envolvendo defesa de licenciamento ambiental para empreendimentos agrícolas, crimes ambientais, preservação de bacias hidrográficas e rios federais, gerenciamento costeiro, entre outros. A consulta fica disponível até o dia 25 de abril. O participante poderá indicar os casos em que percebe melhor atuação pelos procuradores da República na Bahia ou citar investigações e ações marcantes na defesa do meio ambiente. É possível, ainda, enviar contribuições por meio do campo aberto disponível no final do formulário.

Consulta pública virtual

Já realizada com esse formato em 2013 e 2016, essa é a terceira edição em que a consulta pública é apresentada em ambiente virtual. Com ampla abertura para participação, o objetivo é entender como a população percebe a atuação do MPF/BA na defesa do meio ambiente.

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Cartas para o Papai Noel dos Correios podem ser entregues até o dia 30 de novembro

mais podcast ›

Videos

Reforma trabalhista: Entenda as novas regras e formas de contratação