Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

19º 31º Feira de Santana
22 de outubro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Polícia

Homem é preso acusado de matar garoto de dois anos

18/04/2017 08h46
Segundo o delegado, o menino estava acompanhado do pai, Jorge Luís Batista dos Santos Filho, que era o alvo do crime, e da mãe, que acabaram feridos.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Homem é preso acusado de matar garoto de dois anos
Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Acorda Cidade

O acusado de tráfico Edilson Souza Santos, o Bide, de 23 anos, foi conduzido ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por policiais da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), depois de ser flagrado com 49 pinos de cocaína, sete trouxinhas de maconha e três celulares, na localidade de Jaguaripe I, na Fazenda Grande II.

O delegado Guilherme Machado, coordenador da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), fez o anúncio da prisão, nesta segunda-feira (17), informando que o acusado estaria envolvido na morte do garoto de dois anos Israel Cauã Cruz dos Santos, ocorrido dentro de um táxi, no bairro de Castelo Branco.

Segundo o delegado, o menino estava acompanhado do pai, Jorge Luís Batista dos Santos Filho, que era o alvo do crime, e da mãe, que acabaram feridos. Bide foi preso na quinta-feira (13) e teve o mandado de prisão preventiva pela morte de Israel Cauã cumprido naquele departamento, além de ser autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Ainda de acordo com o delegado Guilherme Machado, Bide, que era apontado como um dos líderes do tráfico na localidade de Jaguaripe I, também é investigado por assassinatos ocorridos naquela região. Ele já foi encaminhado ao Centro de Observação Penal (COP), em Mata Escura.
 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

1º lugar – Categoria de 11 a 14 anos

mais podcast ›

Videos

Ao vivo: CCJ discute parecer pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer