Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

19º 31º Feira de Santana
22 de outubro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Polícia

Pessoas de outros estados podem fazer parte de quadrilha que tentou assaltar banco

17/04/2017 16h41
A informação é de um policial militar, que não quis se identificar e que participou da operação que frustrou um assalto.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Pessoas de outros estados podem fazer parte de quadrilha que tentou assaltar banco
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Daniela Cardoso

Pessoas de outros estados podem fazer parte de uma quadrilha que tentou assaltar uma agência bancária na cidade de Conceição do Almeida na noite de domingo (16). A informação é de um policial militar, que não quis se identificar e que participou da operação que frustrou um assalto.

“Tem integrantes, segundo as investigações que estão em andamento, de outros estados, inclusive do sul do país. O batalhão de operações especiais foi acionado pelo comando da instituição para apoio ao policiamento local onde foi frustrada uma ação criminosa contra uma agência do Bradesco em Conceição do Almeida. Os indivíduos empreenderam fuga pela BR-101 e o Bope, assim como outros recursos da polícia militar foram criados. Todos de forma integrada trabalharam para dar uma resposta a essa ação criminosa”, afirmou.

O policial explicou que o Bope, além de operações especiais, tem uma gama de atribuições, desde ocorrência de crise com refém, como ocorrências envolvendo bombas e explosivos e também ações criminosas não convencionais, a exemplo de bandos armados que realizam roubos a bancos.

As informações são do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

1º lugar – Categoria de 11 a 14 anos

mais podcast ›

Videos

Ao vivo: CCJ discute parecer pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer