Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

21º 35º Feira de Santana
22 de novembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Feira de Santana

Cerca de 300 trabalhadores da construtora CSO cruzaram os braços

05/03/2014 16h04
De acordo com um dos manifestantes, os trabalhadores reclamam da comida servida no canteiro de obras
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Cerca de 300 trabalhadores da construtora CSO cruzaram os braços
Ed Santos/Acorda Cidade
Laiane Cruz

Cerca de 300 trabalhadores da construtora CSO cruzaram os braços na manhã desta quarta-feira (5). Eles trabalham no canteiro de obras do condomínio Parque dos Coqueiros, localizado no bairro Asa Branca, em Feira de Santana, e protestaram contra as condições de trabalho oferecidas pela empresa.



De acordo com um dos manifestantes, os trabalhadores reclamam da comida servida no canteiro de obras, que, segundo ele, vem estragada. Ainda segundo o trabalhador, eles se sentiram ameaçados após reclamarem da situação. “Agora nós exigimos o dono da empresa para ele saber o que está acontecendo dentro da empresa dele”, afirmou.

Procurada pelo Acorda Cidade, a empresa CSO disse por telefone que não tinha nada a declarar sobre o assunto.

As informações e fotos são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Cartas para o Papai Noel dos Correios podem ser entregues até o dia 30 de novembro

mais podcast ›

Videos

Reforma trabalhista: Entenda as novas regras e formas de contratação