vai para o início: Alt+i vai para o conteúdo: Alt+c vai para o menu: Alt+m vai para o fim: Alt+f Acessibilidade Brasil Acessibilidade Brasil
Dilton Coutinho
@acordacidade no Twitter
Associação realiza campanha de doação de sangue para crianças com câncer http://t.co/SF92jfJFKV
Ouvir Programa
quarta, 23 de julho de 2014
Hora certa:
Editoriais
Colunistas
Links
RSS

Centro oferece atendimento gratuito a pessoas com doença falciforme em Feira

A coordenadora afirmou ainda que as pessoas que apresentarem os sintomas ou já tiverem diagnóstico positivo podem entrar em contato com o centro através do telefone (75) 3603-7775 ou se dirigir ao local.

17/02/2014 14:52
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letraDiminuir letra
Ed Santos/Acorda Cidade

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Laiane Cruz

Pelo menos 243 pessoas, entre crianças e adultos, estão cadastradas no Centro Municipal de Referência à Pessoa com Doença Falciforme. O serviço funciona de segunda a sexta, há um ano e meio, na unidade básica do Centro Social Urbano (CSU), situado no bairro Cidade Nova, em Feira de Santana. 


 
De acordo com coordenadora do centro, Luciana Lima, os pacientes que procuram o local têm acompanhamento gratuito com uma equipe multidisciplinar composta por hematologista pediátrico, clínico, equipe de enfermagem, nutricionista, psicólogo, serviço social e fisioterapeuta.
 
“Quando um paciente entra em nossa unidade, é solicitado dele os exames. Nós encaminhamos esse paciente para o laboratório do Hospital da Mulher, que tem parceria conosco, e o resultado dando positivo, por meio de uma eletroforése hemoglobina, ele é acompanhado aqui”, explicou Luciana Lima. 
 
Ainda segundo ela, além do acompanhamento clínico, o local também distribui cestas básicas e medicamentos e informou que os sintomas da doença falciforme, que provém de má formação genética, geralmente são crises dolorosas nos ossos, olhos amarelados (icterícia), pneumonia, acidente vascular encefálico e insuficiência respiratória, dentre outros problemas.
 
A coordenadora afirmou ainda que as pessoas que apresentarem os sintomas ou já tiverem diagnóstico positivo podem entrar em contato com o centro através do telefone (75) 3603-7775 ou se dirigir ao local. 

As informações são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

  • Recomendar
É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.


Envie esta notícia por e-mail.


É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.